EUA desenvolveu drones “Ghost” rapidamente para a Ucrânia, diz Pentágono

·1 min de leitura

(Reuters) - Os chamados drones “Ghost” que fazem parte de um pacote de armas de 800 milhões de dólares dos EUA para a Ucrânia foram rapidamente desenvolvidos pela Força Aérea norte-americana para Kiev e têm capacidades similares às dos drones armados “Switchblade”, disse o Pentágono nesta quinta-feira.

Após não conseguir tomar a capital Kiev e serem forçadas a se retirar do norte da Ucrânia, tropas russas se reagruparam esta semana para começar uma nova ofensiva em duas províncias no leste, conhecidas como Donbas.

Forças ucranianas têm usado armas ocidentais, incluindo mísseis Stinger e Javelin, junto com os drones, como o turco Bayraktar TB2 e o Switchblade, fabricado pelos EUA, para atingir as posições russas.

Os drones permitem que as forças ucranianas ataquem soldados e equipamentos russos do ar, sem precisar necessariamente se aproximar de seus alvos, como seria com algumas armas terrestres.

“Foi rapidamente desenvolvido pela Força Aérea em resposta a requerimentos específicos dos ucranianos”, disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby.

Pouco mais é conhecido sobre os drones, como o alcance ou quais são exatamente as suas capacidades.

(Reportagem de Phil Stewart e Idrees Ali)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos