EUA e Rússia têm conversas "substantivas" sobre controle de armas em Genebra

·1 minuto de leitura
Presidente dos EUA, Joe Biden, e presidente da Rússia, Vladimir Putin

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos e a Rússia disseram em um comunicado conjunto, nesta quinta-feira, que tiveram conversas "intensivas e substantivas" em sua segunda reunião dentro de um arcabouço que objetiva amenizar as tensões entre as duas maiores potências nucleares do mundo.

Ambos os países concordaram em montar dois grupos de trabalho, que se encontrarão antes de uma terceira reunião plenária, mas uma data para um novo encontro não foi informada.

Durante uma cúpula realizada em junho em Genebra, o presidente norte-americano, Joe Biden, e o presidente russo, Vladimir Putin, cujos países detêm 90% das armas nucleares do planeta, acertaram participar de um "Diálogo de Estabilidade Estratégica" integrado bilateral para lançar os fundamentos de medidas futuras de controle de armas e redução de risco.

Munidas da autoridade dos dois líderes, delegações das duas nações retomaram conversas em julho, a primeira vez em quase um ano na qual os dois lados realizaram tratativas sobre a chamada estabilidade estratégica em meio a atritos em uma gama de assuntos, inclusive o controle de armas.

Durante a segunda reunião ocorrida nesta quinta-feira em Genebra, as delegações comandadas pela vice-secretária de Estado norte-americana, Wendy Sherman, e o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, concordaram que os grupos de trabalho se concentrarão em princípios e objetivos para um controle de armas futuro e recursos e ações com efeitos estratégicos.

Uma autoridade graduada do governo dos EUA disse aos repórteres que Washington achou ter se tratado de "uma reunião muito produtiva".

(Por Humeyra Pamuk e Daphne Psaledakis)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos