EUA emitem alerta contra viagens para Alemanha e Dinamarca por alta da Covid

·1 min de leitura
Edifício do CDC em Atlanta

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e o Departamento de Estado norte-americano aconselharam, nesta segunda-feira, os cidadãos norte-americano a não viajarem para Alemanha e Dinamarca por conta do número crescente de casos de Covid-19 nesses países.

O CDC elevou sua orientação de viagem para o nível 4 "muito alto" para os dois países europeus, dizendo aos norte-americanos que eles deveriam evitar viagens para lá, enquanto o Departamento de Estado emitiu recomendações paralelas de "não viajar" para ambos os países.

O CDC atualmente lista 75 destinos do mundo todo no nível 4, com muitos países europeus, entre eles Áustria, Reino Unido, Bélgica, Grécia, Noruega, Suíça, Romênia, Irlanda e República Tcheca.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse aos líderes de seu partido que as medidas tomadas para impedir a propagação do coronavírus na maior economia da Europa foram insuficientes, e que ações mais fortes precisam ser tomadas, segundo reportagem da Reuters desta segunda-feira.

O número de casos na Alemanha disparou, especialmente entre os mais idosos, que receberam as duas doses das vacinas contra a Covid-19 no início do ano, e entre as crianças que não são autorizadas a receber a vacinação.

No início do mês, a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que os países europeus precisam trabalhar mais para prevenir a propagação do coronavírus enquanto os números de mortes e novos casos aumentam.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos