EUA espera ter laços 'incrivelmente próximos' com novo governo alemão

·1 min de leitura
Em acordo anunciado nesta quarta-feira, Olaf Scholz será o novo chanceler alemão (AFP/Tobias SCHWARZ)

Os Estados Unidos afirmaram nesta quarta-feira (24) que esperam manter relações estreitas com o próximo governo de centro-esquerda da Alemanha, apontando valores compartilhados com a maior economia da Europa.

"Temos a expectativa de que o relacionamento entre os Estados Unidos e a Alemanha continuará a ser incrivelmente próximo e eficaz", declarou um porta-voz do Departamento de Estado, que destacou que a relação entre Washington e Berlim é "baseada em valores compartilhados de liberdade, democracia, direitos humanos e estado de direito".

"Esperamos trabalhar com o novo governo da Alemanha em nossos objetivos de revitalizar a parceria transatlântica, aumentando a cooperação com nossos aliados da Otan e elevando o nível de ambição em nosso relacionamento com a UE (União Europeia)", completou.

O social-democrata Olaf Scholz anunciou nesta quarta-feira um acordo para formar com os Verdes e os Liberais o primeiro governo pós-Merkel na Alemanha, se tornando o primeiro chanceler a suceder Angela Merkel após 16 anos no poder.

A administração do presidente Joe Biden agiu rapidamente para estabelecer um relacionamento próximo com a Alemanha, retirando as polêmicas sanções sobre o oleoduto Nord Stream 2 que está sendo construído com a Rússia.

Merkel teve um relacionamento tenso com o antecessor de Biden, o republicano Donald Trump, que abertamente menosprezou e criticou a acolhida da Alemanha de migrantes no país.

sct/ia/atm/lm/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos