EUA estende proteções 'TPS' para imigrantes sírios

·1 minuto de leitura
Washington permitirá que milhares de sírios retidos dentro dos Estados Unidos permaneçam devido à contínua guerra civil síria

Estados Unidos renovou o status de proteção temporária (TPS) concedido a milhares de sírios retidos na América após a expiração de seus vistos na sexta-feira (29), citando a guerra civil em seu país.

A medida do Secretário de Segurança Interna em exercício, David Pekoske, permite que 6.700 cidadãos sírios que normalmente teriam que retornar ao seu país permaneçam nos Estados Unidos até setembro de 2022.

O pedido também permite que outros 1.800 sírios no país solicitem o status de TPS.

A Segurança Interna disse que as condições de guerra na Síria "impedem que os cidadãos sírios retornem em segurança".

"A guerra civil na Síria continua a demonstrar alvos deliberados de civis, o uso de armas químicas e táticas de guerra irregular e o uso de crianças soldados", disse o departamento.

"A guerra também causou necessidade sustentada de assistência humanitária, um aumento de refugiados e deslocados, insegurança alimentar, acesso limitado à água e cuidados médicos e destruição em grande escala da infraestrutura da Síria", disse o documento.

pmh/dw/ap