Sexto suspeito de causar queda fatal de torcedor em arquibancada é preso

Buenos Aires, 19 abr (EFE).- A polícia argentina deteve nesta quarta-feira um sexto homem acusado de agredir e causar a morte de Emanuel Balbo, o torcedor do Belgrano que caiu da arquibancada do estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, durante uma partida pelo Campeonato Argentino no último sábado.

A promotora do caso, Liliana Sánchez, pediu a prisão de Yamil Salas, de 24 anos, como participante da morte de Balbo, informaram à Agência Efe fontes judiciais.

Graças às imagens das câmeras de segurança do estádio, foi possível identificar Salas como uma das pessoas que agrediram o rapaz, de 22 anos.

Os outros cinco detidos são acusados pelo crime de "homicídio agravado pela lei de esportes" e nos próximos dias prestarão depoimento.

A análise dos vídeos continua em curso para identificar todos os agressores, já que, segundo a promotoria, Balbo também foi agredido quando estava no chão após ser jogado da arquibancada.

Um dos detidos, Oscar Gómez, foi apontado como o "instigador" do ataque ao jovem porque, conforme denúncia da família da vítima, disse que Balbo era torcedor do Talleres, o que teria provocado a agressão.

Raúl Balbo, pai de Emanuel, afirmou que, antes da partida, seu filho se deparou na arquibancada com Gómez, acusado de atropelar e matar outro de seus filhos há quatro anos. EFE

mjbd/cs/id