EUA miram sanções contra pagamentos de ransomware em criptomoedas, diz WSJ

·1 minuto de leitura
EUA miram sanções contra pagamentos de ransomware em criptomoedas

BENGALURU, Índia (Reuters) - O governo dos Estados Unidos está se preparando para tornar mais difícil para hackers usarem moedas digitais para lucrarem com ataques com ransomwares, incluindo a imposição de sanções, publicou o Wall Street Journal nesta sexta-feira.

O Departamento do Tesouro dos EUA planeja impor as sanções já na próxima semana, segundo o jornal, que citou fontes com conhecimento do assunto.

O departamento também vai emitir novas diretrizes sobre os riscos associados à facilitação de pagamentos de ransomware, incluindo multas e outras penalidades, publicou o jornal. Ransomware é o software que é infiltrado em sistemas de computadores que são alvos de hackers e que após a invasão sequestram o acesso aos dados armazenados. Após o ataque, os dados somente são liberados com o pagamento exigido pelos hackers.

Novas regras contra lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo devem ser publicadas ainda neste ano, com o objetivo de limitar o uso de criptomoedas em pagamentos de ataques promovidos via ransomware e de outras atividades ilícitas, segundo o jornal.

(Por Sohini Podder)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos