EUA não aceitam anexação russa na Ucrânia, diz Blinken a Lavrov

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na primeira conversa que tiveram por telefone desde o início da Guerra da Ucrânia, o secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse a seu colega russo Serguei Lavrov que os Estados Unidos não aceitarão anexações territoriais de Moscou no país vizinho.

Segundo o Departamento de Estado, ele falou de forma "franca e direta" e pediu a soltura de dois americanos presos na Rússia, Brittney Griner e Paul Whelan. Não houve avanços, mas o canal diplomático ao menos foi restabelecido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos