EUA planejam estender uso obrigatório de máscaras em transportes até 18 de janeiro, dizem fontes

·2 minuto de leitura
Pessoas usam máscaras de proteção facial no metrô de Nova York

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - O governo do presidente norte-americano, Joe Biden, planeja estender as exigências para que viajantes utilizem máscaras em aviões, trens, ônibus, em aeroportos e estações de trem até o dia 18 de janeiro do ano que vem para reduzir os atuais riscos com a Covid-19, afirmaram três fontes à Reuters.

As grandes companhias aéreas foram informadas sobre uma extensão planejada em uma teleconferência com a Agência de Segurança nos Transportes (TSA) e com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) na terça-feira, afirmaram as três pessoas notificadas sobre a questão. Uma teleconferência separada com os sindicatos do setor de aviação está marcada para a quarta-feira, disse uma fonte.

O decreto da TSA que exige uso de máscaras nos transportes vale até o dia 13 de setembro.

A TSA se recusou a comentar e as autoridades do CDC não comentaram a informação imediatamente. Uma porta-voz para a Airlines for America, associação do setor que representa as empresas American Airlines Co, Delta Air Lines, United Airlines, Southwest Airlines e outras, se recusou a comentar.

O atual decreto do CDC, que está em vigor desde os primeiros dias do governo Biden em janeiro, requer o uso de máscaras faciais em praticamente todos os meios de transporte públicos.

O decreto exige uso de máscaras por passageiros em aviões, navios, trens, metrôs, ônibus, táxis e carros de carona compartilhada e em hubs de transporte como aeroportos, terminais rodoviários e hidroviários, estações de trem e metrô e portos marítimos.

As exigências são fontes de algumas tensões, especialmente a bordo de companhias aéreas norte-americanas, nas quais alguns viajantes se recusaram a usar máscaras. A agência federal de aviação disse na terça-feira que, desde o dia 1º de janeiro recebeu relatos de companhias aéreas dando conta de que 2.867 passageiros se recusaram a usar máscara.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos