EUA: polícia cerca homem com possíveis explosivos perto do Capitólio

·2 minuto de leitura

Agentes da lei cercaram um homem com possíveis explosivos sentado em um veículo perto do Capitólio dos Estados Unidos nesta quinta-feira (19), enquanto edifícios próximos eram esvaziados e veículos de emergência corriam ao local. "Esta é uma investigação de ameaça de bomba ativa", informou a polícia do Capitólio (USCP) no Twitter.

O homem estava em um veículo diante da Biblioteca do Congresso, que em frente o Capitólio, disse uma fonte das forças da lei. Segundo esta fonte, a presença de explosivos não havia sido confirmada.

Entretanto, no Congresso, pessoas foram notificadas de que o ocupante do veículo disse que tinha uma bomba e que as autoridades estavam delineando suas reações com a ameaça em mente, disse um funcionário à Reuters.

Vários prédios próximos foram esvaziados, inclusive a Suprema Corte. Pessoas do prédio de escritórios de Madison foram instruídas a se proteger no próprio local de trabalho. Uma estação de metrô próxima foi fechada.

A polícia interditou ruas que cercam o complexo do Capitólio enquanto caminhões dos bombeiros e de resgate seguiam para a área. O Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos disse estar enviando um técnico de bombas para auxiliar a polícia, e o FBI, a agência federal de investigação dos Estados Unidos, também foi acionado.

A área normalmente movimentada da Colina do Capitólio estava relativamente deserta, e a Câmara dos Deputados e o Senado não estavam em sessão.

"A USCP está reagindo a um veículo suspeito perto da Biblioteca do Congresso", disse a corporação no Twitter. "Mantenham distância desta área."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos