EUA registra 2.448 mortes em 24 horas (Universidade Johns Hopkins)

Paisagem de edifícios em lower Manhattan aparece ao fundo do cemitério Grenwood, no Brooklyn, em Nova York, 5 de maio de 2020

Os Estados Unidos registraram 2.448 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o balanço mais recente divulgado nesta quinta-feira (7) pela Universidade Johns Hopkins.

Estes novos óbitos, contabilizados entre as 20h30 locais (21h30 de Brasília) de quarta-feira e a mesma hora desta quinta, elevam a 75.543 o total de mortes por COVID-19 nos Estados Unidos.

O país agora tem um total de 1.254.750 casos registrados, segundo contagem da instituição, sediada em Baltimore.

Segundo a fonte, foram realizados mais de 8,1 milhões de testes de detecção para o Sars-Cov-2, vírus causador da doença, em todo o território americano.

Os balanços diários nos Estados Unidos não baixam dos mil mortos desde o começo de abril.

Após ter registrado mais de 3.100 mortos em 24 horas em meados de abril, a curva de contágios agora está em uma espécie de platô, da qual não consegue descer.

Embora a epidemia tenha freado no estado de Nova York, que continua como o local mais afetado do país, com mais de 20.000 mortes confirmadas ou suspeitas, outros focos de contágio apareceram, como a região da capital americana, Washington, DC.

Os Estados Unidos são de longe o país mais castigado pela pandemia, tanto em número de mortos quanto de contágios registrados, segundo dados oficiais.