Trump afirma que tem "algo em comum" com Merkel: ser espionado por Obama

Washington, 17 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que tem "algo em comum" com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel: que ambos, segundo ele, foram espionados por ordem de seu antecessor, Barack Obama.

"Sobre as escutas telefônicas do governo anterior, pelo menos temos algo em comum, talvez", declarou Trump durante sua entrevista coletiva conjunta com Merkel. EFE