Exército sírio ataca hospital rebelde em Idlib, diz Observatório Sírio

Cairo, 22 abr (EFE).- O Exército sírio destruiu neste sábado parte de um centro médico subterrâneo mantido pelos rebeldes, no povoado de Abdin, na província de Idlib, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Em um comunicado, a organização disse que um míssil caiu na entrada do local e destruiu algumas salas. Ainda conforme a nota, várias bombas menores saíram do míssil após a explosão, causando incêndios.

Até o momento, sabe-se que uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Outras quatro estão entre os escombros e não há informações sobre o estado de saúde.

Abdin fica a menos de 20 km de Khan Sheikhoun, onde mais de 80 pessoas morreram no dia 4 deste mês em um ataque com substâncias químicas e pelo qual o regime sírio foi acusado. O governo recusa tais afirmações. EFE