Eurocopa, dia 2: estreias de Bale com País de Gales e da favorita Bélgica são destaques

·5 minuto de leitura

Após a Itália vencer a Turquia por 3 a 0, o dia 2 da Eurocopa reserva a estreia de uma seleção favorita e de um dos craques mais aguardados do torneio. O atacante Gareth Bale, ex-Real Madrid e atualmente no Tottenham, estreia com País de Gales diante da Suíça, às 10h (de Brasília). A rodada também conta com a geração de ouro da Bélgica, que pegará a Rússia, às 16h. Veja o guia completo do dia:

País de Gales x Suíça

Semifinalista em 2016, Gareth Bale tem a missão de levar o País de Gales a mais uma campanha histórica. A seleção contratou o técnico Robert Page, que substitui Ryan Giggs, afastado de qualquer cargo na Federação após ser acusado de agressão.

Giggs foi acusado de causar danos corporais a duas mulheres, uma delas sua namorada. O episódio aconteceu em novembro do ano passado e fez com que ele, que negou o ocorrido, ficasse afastado de compromissos em amistoso e pela Liga das Nações.

— Ser o treinador principal e liderar os jogadores será um grande momento para mim e um dia de muito orgulho. Tudo o que eu disser aos jogadores virá do coração. O que os torcedores querem ver é você representando seu país. Os jogadores estarão prontos, mas eles não podem estar muito entusiasmados porque eles têm que jogar com a cabeça também. Trata-se de obter o equilíbrio certo — disse Page.

A Suíça chega para a Eurocopa motivada pela boa campanha no início das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Também vem empolgada após aplicar 7 a 0 contra o Liechtenstein em um amistoso preparatório. Com o treinador Vladimir Petković, o elenco suíço conta com grandes nomes do futebol europeu como Granit Xhaka, do Arsenal e Xherdan Shaqiri, do Liverpool.

— O País de Gales é definitivamente uma equipe que merece respeito, uma equipe que chegou às semifinais da última vez, em 2016. Temos de dar 120%, para tentar jogar o nosso jogo sem temer o adversário. Cada partida nos dá um trampolim para a próxima, porque sempre queremos melhorar — disse Petkovic.

Data e horário:Local:Árbitro:Transmissão:

PAÍS DE GALES (Técnico: Robert Page): Ward; Mepham, Rodon e Davies; Roberts, Allen, Ampadu e Williams; James, Wilson e Gareth Bale.

SUÍÇA (Técnico: Vladimir Petkovic): Sommer; Elvedi, Schär e Akanji; Mbabu, Zakaria, Xhaka, Ricardo Rodríguez e Shaqiri; Embolo e Seferovic.

Dinamarca x Finlândia

A Dinamarca chega para a Eurocopa após não ser derrotada em nenhum dos jogos da fase de qualificação. No total, foram quatro vitórias e quatro empates, além de 23 gols marcados e seis sofridos. Contando com o trabalho do treinador Kasper Hjulmand, o elenco dinamarquês tem bons nomes como o de Christian Eriksen, da Inter de Milão, e Yussuf Poulsen, do Leipzig.

— Nós sabemos que eles têm muitas informações sobre a nossa seleção, mas nós também temos muito conhecimento sobre ele. É comum isso na Eurocopa, todo mundo se conhece bem, já foi analisado por muitos meses — disse o técnico Kasper Hjulmand.

Já a Finlândia é estreante na competição. A seleção se classificou depois de ter ficado em segundo lugar do Grupo J das Eliminatórias. Em 10 jogos, a equipe venceu seis partidas, perdeu quatro e não empatou nenhuma vez. Com Markku Kanerva no comando técnico, traz nomescomo Teemu Pukki, do Norwich, e Fredrik Jensen, do Augsburg. No entanto, em um grupo considerado complicado, pode ter trabalho para chegar longe.

— Acho que não precisamos de mais motivação. Estar na Eurocopa pela primeira vez já é uma grande motivação. Nós podemos não ser os favoritos, mas vamos tentar mostrar que podemos fazer por onde — destacou o meia Tim Sparv.

Data e horário: Local: Árbitro: Transmissão:

DINAMARCA (Técnico: Kasper Hjulmand): Schmeichel; Mæhle, Kjær, Christensen, Wass; Eriksen, Højbjerg, Delaney; Poulsen, Wind, Braithwaite.

FINLÂNDIA (Técnico: Markku Kanerva): Hradecky; O’Shaughnessy, Arajuuri, Toivio; Uronen, Kamara, Sparv, Lod, Raitala; Pukki, Pohjanpalo.

Bélgica x Rússia

Líder do ranking da Fifa, a Bélgica quer coroar sua boa geração com um título importante. Neste sábado, às 16h (de Brasília) enfrenta a Rússia, em São Petersburgo, sem o meia Kevin De Bruyne, que ainda se recupera de uma cirurgia para corriger as múltiplas fraturas no rosto sofridas na final da Champions. Vice-campeão europeu e eleito melhor jogador da Premier League — da qual foi campeão com o Manchester City, o meia segue com muito inchaço no local da lesão, não viajou com o elenco e fará trabalhos de recuperação específicos.

— Concordo que o primeiro jogo é muitas vezes o mais difícil num grande torneio. É preciso entrar no torneio tanto mental como fisicamente. Vai ser um verdadeiro teste amanhã, porque conhecemos muito bem esta equipe, mas eles também nos conhecem de cor e terão o apoio de seus torcedores — disse Martínez.

Jogando a Copa do Mundo em 2018 em casa, a Rússia fez sucesso e chegou até as quartas de final. Agora, busca repetir o feito no passado com o seu elenco e garantir, quem sabe o seu segundo título na Eurocopa. Stanislav Cherchesov, técnico da Rússia, elogiou muito a Bélgica antes do confronto.

— Já os enfrentamos nas Eliminatórias. É uma boa equipe: ambiciosa, forte, com um grande treinador e bons jogadores. Não é nenhuma surpresa que tenham estado no topo da classificação da Fifa nos últimos anos. Os nossos últimos jogos com a Bélgica têm sido abertos, um futebol espetacular que encanta os torcedores. Compreendemos onde estamos. Não estamos entre os favoritos do torneio, mas isso não significa nada — disse Cherchesov.

Data e horário: Árbitro: Transmissão:

BÉLGICA (Técnico: Roberto Martínez): Courtois; Alderweireld, Vertonghen e Denayer; Meunier, Dendoncker, Tielemans e Thorgan Hazard; Mertens, Lukaku e Jérémy Doku.

RÚSSIA (Técnico: Stanislav Cherchesov): Shunin; Mário Fernandes, Barinov, Dzhikiya, Semenov e Karavaev; Zobnin, Ozdoev, Golovin e Miranchuk; Dzyuba.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos