Europa aprova uso da vacina contra a Covid-19 da Pfizer para adolescentes a partir de 12 anos

·1 minuto de leitura

RIO — A Agência Europeia de Medicamentos aprovou, nesta sexta-feira, o uso da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech para jovens a partir de 12 anos, a primeira autorização para imunização da faixa etária contra a doença nos 27 países da União Europeia.

A decisão abre caminho para uma vacinação mais ampla na região, após autorizações semelhantes nos Estados Unidos e Canadá.

O endosso ocorre semanas depois que o regulador começou a avaliar a extensão do uso do imunizante para essa idade. A vacina já é utilizada na UE por pessoas com 16 anos ou mais.

Antes da decisão, a Alemanha já havia anunciado que planeja expandir a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com 12 anos ou mais a partir de 7 de junho.

A chanceler Angela Merkel enfatizou que a imunização para esses jovens seria voluntária e não teria impacto na participação escolar.

— Seremos capazes de fazer a todos os cidadãos, incluindo crianças, uma oferta de vacinação até o final do verão — disse Merkel na quinta-feira, após uma reunião com líderes de 16 estados da Alemanha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos