Europa League receberá gigantes eliminados da Champions; veja quem são

Após um empate de sua Roma com o Bétis no Benito Villamarín, em Sevilla, o técnico José Mourinho arrancou risadas na coletiva ao avisar que a Europa League receberia os "tubarões fracassados da Champions League". A previsão do treinador português foi acertada, e a competição europeia de segundo escalão receberá vários gigantes eliminados do principal torneio de clubes do mundo.

Leia mais: Messi x CR7: supercomputador 'prevê' final da Copa do Catar entre Argentina e Portugal

Champions League: veja quais selecionáveis de Tite para a Copa se destacaram na rodada

Ainda com uma rodada por jogar, cinco gigantes já estão eliminados da Champions. Ainda restam algumas definições, mas já se sabe que a disputa será entre os tais "tubarões fracassados" pela taça que será disputada na Puskas Arena, em Budapeste, na Hungria.

Espanhóis decepcionam

Sempre em evidência no futebol mundial, os clubes espanhois decepcionaram nesta edição da Liga dos Campeões. Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla -- o maior campeão da Europa League, com seis conquistas -- foram mal na primeira fase e já estão eliminados com uma rodada de antecedência.

Comandado por Xavi, o Barça de Lewandowski, Raphinha e companhia sofreu com a arbitragem, é bem verdade, mas sucumbiu mais uma vez ao Bayern, como na temporada passada e em 2019/20. Além do gigante alemão, a Internazionale também se classificou no grupo C.

Veja também: Haaland pode chegar aos 1.000 gols em menos de 10 anos se mantiver média atual; veja os cálculos

O Sevilla, agora com Jorge Sampaoli no comando, já era azarão no grupo com Manchester City e Borussia, e agora estará na briga pelo seu sétimo título da Europa League. Já o Atlético vê o "Cholismo" de Simeone viver seus piores momentos, e mesmo com grande investimento e forte elenco, terá que vencer para se garantir na Europa League após ser eliminado em chave considerada fraca: Porto e Club Brugge estão classificados no grupo B da Champions. Vivo na briga, o lanterna Bayer Leverkusen ainda pode deixar os Colchoneros fora de qualquer competição europeia.

Campeões europeus ainda precisam vencer por 'vaga'

Dois dos times mais temidos da antiga fase da Liga dos Campeões também ficaram pelo caminho nesta edição e, assim como o Atlético de Madrid, ainda precisam vencer na última rodada para conseguir ao menos ir à Europa League.

A começar pela Juventus, que tinha uma chave considerada tranquila com PSG, Benfica e Maccabi Haifa, mas acabou fazendo uma de suas piores campanhas da história no grupo H. Derrotado em casa por franceses e portugueses, a Vecchia Signora não conseguiu vencer o Maccabi Haifa, em Israel, perdeu de novo para os Encarnados, em Lisboa, e precisa bater o time de Neymar, Messi e Mbappé em Turim para ir à Europa League.

O técnico Massimiliano Allegri, que voltou ao clube no ano passado, está muito pressionado, e o elenco que perdeu Cristiano Ronaldo, Dybala, De Ligt, Higuaín e Chiellini, entre outros, nas últimas janelas de transferência, deve ser totalmente remodelado. Recordista nacional com 36 taças do Campeonato Italiano, o time é apenas o oitavo colocado nesta temporada, 10 pontos atrás do líder Napoli.

Surpreendido pelo mesmo Napoli, o Ajax completa a lista dos gigantes já eliminados na primeira fase da Champions League. Os holandeses vêem os italianos na ponta e não conseguem mais alcançar o Liverpool no grupo A.

Eliminados nas oitavas de final na última temporada, eles ligaram o sinal de alerta: produzem muitos jovens, mas vendem para outros mercados, e na "nova ordem" do futebol europeu, mantém dificuldades de serem competitivos. A saída do técnico Erik Ten Hag, para o Manchester United, tampouco ajudou.

Outros grandes podem acabar na Europa League

Pelo caminho da Champions League, ainda existem outros grandes clubes do Velho Continente que podem acabar na Europa League.

Depois de um começo irregular na temporada, o Milan goleou o Dínamo Zagreb por 4 a 0 e voltou à zona de classificação para as oitavas de final da Champions League no grupo E, que já tem o Chelsea garantido na próxima fase. Os italianos precisam vencer o concorrente Red Bull Salzburg, em San Siro, para chegar ao mata-mata. Se forem derrotados, acabam na Europa League.

Campeão europeu em 1992-93, o Olympique de Marselha é o lanterna do embolado grupo D, o único em que todos ainda têm chances de classificação. Com seis pontos, os franceses recebem o líder Tottenham, que tem oito, no Velodróme, na última rodada. Em Lisboa, o Sporting, outro grande clube da Europa, recebe o Eintracht Frankfurt, atual campeão da Europa League. Todos dependem só de si para chegar às oitavas da Champions League, mas um deles se juntará aos "tubarões fracassados".

Já tem tubarão no mar em 'novo modelo de disputa'

Desde a última temporada, a Europa League tem diferenças no regulamento. A competição foi "enxugada" pela UEFA para o fortalecimento da Conference League, o novo torneio que é o terceiro escalão de disputas europeias. Assim, os times na fase de grupos foram reduzidos de 48 para 32, e os mata-mata também é diferente.

Agora, o primeiro colocado de cada uma das oito chaves se garantem nas oitavas de final. Os segundos colocados de cada grupo vão aos play-offs com os oito terceiros colocados por grupo da Champions League. Ou seja: os tubarões ainda precisarão de muita luta no mar europeu.

Arsenal e Freiburg são os únicos já garantidos no primeiro lugar de suas chaves. Nas outras, grandes da Europa como Manchester United, Estrela Vermelha, Mônaco, Lazio, Roma, Feyenoord, PSV e Fenerbaçhe ainda estão na briga, que tem outros tradicionais como Braga, Real Sociedad e Bétis, além de Ferencváros-HUN, Ludogorets-BUL, Royale Union-BEL, Union Berlin-ALE, Midtjylland-DIN e Rennes-FRA entre os postulantes.

A penúltima rodada da competição acontece hoje, a partir de 13h45 (de Brasília), com destaque para o jogo do Fenerbaçhe de Jorge Jesus contra o Rennes, pela liderança do grupo B, e o confronto entre Manchester United e Sheriff, da Moldávia, às 16h, em rodada dupla na ESPN. O Grupo Disney transmite todos os jogos da Europa League em seus canais de TV a cabo e na plataforma de streaming Star+.