Evacuação de Cabul é interrompida devido a saturação de base no Catar

·1 minuto de leitura
Militares americanos evacuam civis afegãos

Autoridades militares americanas confirmaram que os voos com civis a partir do Afeganistão foram suspensos por várias horas nesta sexta-feira, devido à saturação de uma base aérea americana no Catar para onde os refugiados são levados em um primeiro momento.

Os voos de Cabul foram suspensos pela manhã, por cerca de sete horas, depois que milhares de afegãos que chegaram à base americana no Catar ocuparam toda a sua capacidade, informou o general americano Hank Taylor. "Os voos foram retomados posteriormente e os aviões militares dos EUA com destino ao Catar e a outros lugares estão decolando, enquanto outros o fazem com destino a Cabul neste momento."

Em busca de novos destinos, os Estados Unidos obtiveram de Berlim sinal verde para que alguns cidadãos evacuados sejam levados para a Alemanha, onde existem várias bases militares americanas.

O Departamento de Estado americano tem sido criticado por sua condução burocrática da crise, enquanto milhares de idosos e crianças aguardam durante dias em condições precárias para receber os documentos que lhes permitem deixar essas bases intermediárias e seguir para os Estados Unidos.

Afegãos evacuados para o Catar relataram que centenas de pessoas dormem no chão em hangares por mais de três noites seguidas, sob o calor sufocante e com acesso limitado a banheiros e chuveiros. Os arredores do aeroporto da capital afegã estão um caos, já que milhares de pessoas tentam desde segunda-feira fugir daquele país.

Washington planeja evacuar mais de 30.000 americanos e civis afegãos através de suas bases no Kuwait e Catar. Cerca de 13.000 pessoas foram retiradas do Afeganistão desde o início das operações, em 14 de agosto.

pmh-sl/iba/dl/rsr/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos