Evento para anunciar patrocínio a Esquiva Falcão gera aglomeração na Havan

Louise Queiroga
·2 minuto de leitura

O boxeador Esquiva Falcão, que viralizou por ter postado nas redes sociais que precisou trabalhar como entregador de pizzas durante a pandemia para manter a família, agora celebra a conquista de um patrocínio. No entanto, o evento para comemorar o apoio acabou chamando atenção na internet por ter provocado aglomeração, com muitas pessoas próximas umas das outras e sem máscaras.

O encontro ocorreu nesta quarta-feira, dia 14, na Havan, na cidade de Brusque (SC). Imagens divulgadas por Esquiva em sua página do Facebook mostram uma multidão de funcionários.

A iniciativa do patrocínio ao medalhista olímpico veio de Lucas Hang, filho do empresário Luciano Hang, que aparece entre os 2.755 bilionários no mundo da lista feita pela Forbes. A fortuna do pai é estimada em R$ 2,7 bilhões. Lucas e Luciano marcaram presença no evento e discursaram sobre a ação. O boxeador também falou sobre o episódio, agradeceu, e relatou como ele reagiu com surpresa ao convite de Lucas.

Embora a atitude de ajudar Esquiva tenha surtido efeito positivo na web, com elogios e celebrações, o descumprimento de medidas sanitárias durante a pandemia da Covid-19, que já matou mais de 350 mil brasileiros, causou polêmica, somando também críticas.

A história de Esquiva, que venceu medalha de prata no boxe nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, vem emocionando internautas desde sábado, dia 10. Na foto que repercutiu, o boxeador aparece de máscara e se preparando para fazer entrega de pizzas, em Vila Velha no Espírito Santo, onde mora com a família. Ele buscou incentivar os seguidores que moram perto a fazerem pedidos, mas acabou viralizando e chegou até a Havan, em Santa Catarina, que interveio a seu favor.

"Quando eu comecei, pouca gente acreditava, mas eu tinha um sonho: levar o nome do Brasil para onde quer que eu fosse. Não foi fácil, eu comecei do zero. Tive que lutar, mas eu cheguei lá. Patrocinar é acreditar, e a Havan acreditou em mim", afirma o medalista em vídeo da campanha.

Após a publicação no Instagram, o medalhista de prata no boxe nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, recebeu diversas mensagens de fãs dando apoio e também questionando como um atleta brasileiro ainda precisa criar outros recursos para se sustentar.

Procurada a respeito do descumprimento do protoloco de combate à pandemia, a Havan ainda não se pronunciou.