Volta às aulas 2021: Quando São Paulo volta?

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Apesar dos problemas causados pela pandemia do coronavírus, o cronograma previsto para as aulas será mantido (Agência Brasil)

A volta às aulas na rede pública de ensino do estado de São Paulo está prevista para o início de fevereiro. Apesar dos problemas causados pela pandemia do coronavírus, o cronograma previsto para as aulas será mantido. O ano letivo de 2020 será finalizado em dezembro, com férias escolares em janeiro, e o retorno das aulas está marcado para primeiro de fevereiro de 2021, ainda precisando de autorização que será dada pela área da saúde do governo.

De acordo com o secretário estadual de Educação, Rossieli Santos, ainda não há definição sobre como será a volta às aulas em 2021, mas a ideia é receber um percentual maior de alunos do que em 2020, e haverá obrigatoriedade de presença dos estudantes na escola. Apesar disso, a Secretaria de Educação afirma que as avaliações serão feitas semanal e mensalmente junto com a área da saúde para entender o cenário da pandemia.

Essas avaliações determinarão se a volta no início de fevereiro já contará com todos os alunos, ou qual porcentagem deles poderá estar presente nas escolas.

Em 2020, o protocolo da retomada das aulas na rede pública contou com até 35% dos alunos presentes em cada sala, com distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel disponibilizado. Há ainda entradas e saídas escalonadas, e não há obrigatoriedade da presença dos alunos. Professores e servidores só voltaram assinando um termo de responsabilidade.

A presença dos alunos na salas de aulas voltou em novembro para o ensino médio. Para os alunos do ensino infantil e fundamental, apenas atividades extracurriculares foram mantidas.

Em dezembro e em janeiro, haverá avaliação para determinar o quanto os estudantes absorveram das aulas remotas. Há possibilidade de reprovação dos alunos dependendo das avaliações. Cerca de 15% dos estudantes, algo em torno de 500 mil alunos, não participou regularmente ou entregou atividades durante o ensino à distância (EAD).