Evra revela: "Pelo menos dois jogadores por clube são gays"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Patrice Evra
    Patrice Evra
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
Patrice Evra falou sobre homossexualismo no meio do futebol. Foto: Tim P. Whitby/Getty Images
Patrice Evra falou sobre homossexualismo no meio do futebol. Foto: Tim P. Whitby/Getty Images

O francês Patrice Evra ficou conhecido pela sua boa passagem pelo Manchester United. Mas uma característica do jogador que disputou as Copas do Mundo de 2010 e 2014, foi sempre se posicionar em temas polêmicos.

E foi falando claramente, que o ex-lateral se referiu à homossexualidade no mundo do futebol, assunto ainda tratado como tabu para muitos. Ao responder perguntas de leitores do jornal 'Le Parisien', por conta da publicação de sua autobiografia 'I Love This Game' ele não mediu palavras para tocar no assunto e contar que alguns jogadores não aceitavam a situação.

Leia também:

"No futebol, se você diz que é gay, acabou", disse Evra, que lembrou o que aconteceu enquanto ele ainda atuava. "Quando eu estava na Inglaterra, eles trouxeram uma pessoa para falar com o time sobre homossexualidade. Alguns dos meus companheiros de time disseram nessa conversa: 'É contra a minha religião, se tem um homossexual neste vestiário, ele tem que sair’.”

Naquele momento, eu disse: “Deixe todo mundo calar a boca. Imagina? Já joguei com jogadores que eram homossexuais... Um a um, eles se abriram para mim porque têm medo de falar sobre isso em uma outra maneira. Há pelo menos dois jogadores por clube que são gays. Mas no mundo do futebol, se você diz isso, está acabado", desabafou.

Personalidade de Mbbapé também foi assunto na entrevista

Evra também falou sobre Mbappé, principal astro do atual futebol francês. Para Evra, o jogador do PSG sempre se mostra ponderado e politicamente correto mesmo tendo que responder continuamente a perguntas sobre seu futuro.

"Ele tem uma boa educação. Eu gostaria de ver Kylian sair do caminho. Eu o amo, mas ele é muito limpo e que esconde alguma coisa. Quando eu ouvi-lo falar, eu sinto que estou ouvindo um político. Espero que em campo ele pense no time e não em seus objetivos pessoais, porque a estrela é o time, não um único jogador", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos