Exército da Ucrânia recuperou quase 6.000 km² controlados pela Rússia, diz Zelensky

O Exército da Ucrânia já recuperou quase 6.000 km² de território controlado pelas forças russas desde o começo da contraofensiva lançada por Kiev no começo do mês, afirmou nesta segunda-feira o presidente Volodimir Zelensky.

"Desde o começo de setembro, nossos soldados já libertaram 6.000 km² de território ucraniano no leste e no sul, e continuamos avançando", diz o líder ucraniano em um vídeo publicado nas redes sociais.

Zelensky agradeceu separadamente a três unidades militares e elogiou sua "valentia" nas operações de contraofensiva. Caso se consolidem, irão representar os maiores ganhos territoriais para a Ucrânia desde a retirada das forças russas dos arredores de Kiev, em março.

O Exército da Ucrânia anunciou primeiramente uma contraofensiva no sul, mas na semana passada obteve avanços importantes na região de Kharkiv, fronteira com a Rússia, o que forçou os soldados de Moscou a recuar para outras posições.

As tropas ucranianas também afirmam que estão avançando nas regiões do leste, parcialmente controladas por separatistas pró-Rússia desde 2014; e na região de Kherson (sul), ocupada pela Rússia logo após a invasão à Ucrânia, em 24 de fevereiro. A área está no limite da península da Crimeia, anexada pela Rússia em 2014.

bur-pop/meb/sag/ad/lb