Exército israelense revida ataque com foguetes do Hamas

O Exército israelense atacou, neste sábado (16), posições do movimento palestino Hamas na Faixa de Gaza, em resposta ao lançamento de quatro foguetes procedentes deste território.

Segundo fontes palestinas, os ataques danificaram casas, mas não deixaram vítimas.

Durante a noite, as sirenes de alarme soaram na cidade de Ashkelon e em outras localidades do sul de Israel, limítrofes com a Faixa de Gaza, para informar sobre o lançamento de foguetes.

"Um dos foguetes foi interceptado pelo escudo antimísseis", relatou o Exército israelense em um comunicado, acrescentando que os outros três caíram em campo aberto.

Em represália, o Exército israelense lançou uma série de ataques aéreos contra posições do Hamas no enclave palestino, há 15 anos sob bloqueio de Israel.

"Aviões de combate atingiram um local de fabricação de armas do Hamas", no centro da Faixa de Gaza, disse o comunicado.

Segundo o Exército, é "um dos mais importantes locais de fabricação de foguetes na Faixa de Gaza".

O porta-voz do Hamas, Hazem Qassem, denunciou esses ataques.

De acordo com a agência palestina de notícias Wafa, "mísseis foram lançados perto de uma estação turística", ao sudoeste da Cidade de Gaza.

"Observou-se uma espessa fumaça que saía da zona do ataque", disse a agência, acrescentando que outros bombardeios perto de Nusseirat, no centro da Faixa de Gaza, danificaram casas.

O último lançamento de foguetes de Gaza e os ataques israelenses ao enclave palestino remontavam a junho.

alv/feb/mar/mis/mar/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos