Exército russo anuncia que concluiu a retirada da região ucraniana de Kherson

A Rússia afirmou nesta sexta-feira (11) que concluiu a retirada de suas tropas da margem oeste do rio Dnieper, depois que Moscou anunciou que tomou a "difícil decisão" de um recuo.

"Hoje, às 5H00 de Moscou (23H00 de Brasília, quinta-feira), foi concluída a transferência das tropas russas para a margem esquerda do rio Dnieper", afirmou o ministério da Defesa da Rússia nas redes sociais.

O Kremlin destacou nesta sexta-feira que a Rússia continua considerando que toda a região ucraniana de Kherson, incluindo sua capital de mesmo nome, pertence ao país, apesar da retirada do exército russo desse território, que Moscou anunciou ter anexado em setembro.

A região de Kherson "é uma questão da Federação Russa", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov. "Não pode haver nenhuma mudança", acrescentou, no primeiro comentário da Presidência russa sobre a retirada de suas forças daquele território, anunciada na quarta-feira, diante do avanço ucraniano.

Peskov acrescentou que a presidência russa "não lamenta" a grande cerimônia organizada para a anexação realizada em setembro, quando o presidente Vladimir Putin proclamou que quatro regiões da Ucrânia, incluindo Kherson, passariam a pertencer a parti daquele momento à Rússia.

bur/yad/an/es/aa/fp