Ex-agente da polícia Kim Potter condenada pelo homicídio do afroamericano Daunte Wright

A agente alegada inocência, por ter confundido uma arma de fogo com um "taser", e perante a decisão esperava poder aguardar a sentença em liberdade. A juíza alegou igualdade de tratamento com outros casos

View on euronews

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos