Ex-atriz e modelo Claudia Rivelli faz delação premiada para reduzir pena por tráfico de drogas, na Itália

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A ex-atriz e modelo Claudia Rivelli, irmã da também atriz Ornella Muti, fechou um acordo de delação premiada com o Ministério Público de Roma para reduzir sua pena por tráfico de drogas. Claudia, de 71 anos, é acusada de integrar um grupo criminoso que importava e vendia drogas sintéticas da Holanda ou da dark web.

Veja lista completa de indicados: 'Succession' lidera indicações ao Emmy 2022

'Pantanal': veja primeiras imagens dos noivos Juma e Jove e saiba tudo sobre o casamento

Entre os entorpecentes comercializados pela quadrilha estava o GHB, conhecido como "a droga do estupro". Ao todo, há 39 réus no processo. Com o acordo judicial, Claudia deve ter a pena reduzida para 1 ano e 5 meses de detenção.

De acordo com a acusação, Claudia importava - a cada três meses - várias garrafas de GHB e enviava parte delas para seu filho, que mora em Londres. Ela colocava a droga dentro de embalagens de xampu e substituía o rótulo para enganar a alfândega".

Mickey Rourke chama Tom Cruise de irrelevante: 'Fazendo a mesma porcaria há 35 anos'

A organização criminosa foi descoberta em 27 de outubro do ano passado, quando os 39 suspeitos foram presos.

Claudia nasceu em Roma e ganhou fama nas fotonovelas e comerciais de televisão, além de ter estrelado um filme no cinema. Ela também ficou conhecida por ser irmã da atriz Ornella Muti, vencedora de prêmios como o Globo de Ouro e o Festival de Cinema de Veneza.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos