Ex-BBB estava em atos terroristas em Brasília; lembra dele?

Ex-BBB Adriano participou de atos terroristas em Brasília (Foto: Reprodução Twitter)
Ex-BBB Adriano participou de atos terroristas em Brasília (Foto: Reprodução Twitter)

Artista plástico e participante da primeira edição do BBB, Adriano Luiz Ramos de Castro foi um dos participantes dos atos golpistas que aconteceram em Brasília neste domingo (8), quando bolsonaristas golpistas invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto.

Conhecido como Didi Red Pill, Adriano Castro tem 54 anos e é natural de Salvador, na Bahia.

Participante do "BBB1", Adriano foi o responsável por criar o termo "paredão" no reality. Até então, a disputa para permanecer no programa por meio do voto da população era chamada apenas de berlinda.

Adriano foi o sexto eliminado daquela edição após enfrentar um paredão contra Vanessa (vice-campeã do BBB) e receber 74% dos votos.

Adriano tem atualmente um canal no Youtube sobre política. "Aqui o Bicho Pega, Política Falada sem Papas na Língua" mostra descrição da página na qual Adriano transmitiu imagens ao vivo dos atos terroristas em Brasília.

O canal conta com mais de 228 mil inscritos. Já a página de Adriano no Instagram, que tinha quase 100 mil seguidores, está fora do ar.

Pelo YouTube, pouco antes da invasão ao Congresso Nacional, Adriano fez um breve vídeo mostrando a chegada dos ônibus com bolsonaristas golpistas na região.

"Tem que deixar bem longe do acampamento, que infelizmente não está sendo permitido que eles estacionem lá dentro. Bora, patriotas. Bora galera, é selva, vamos nessa", gritou Adriano incentivando a invasão.