Ex-BBB Nego Di detona Vitão por usar vestido: 'Sem vergonha, quer aparecer'

Nego Di usou as redes sociais para detonar Vitão por usar vestido. O ex-BBB e humorista fez um vídeo com a imagem do cantor com um vestido vermelho e chamou o artista de "sem vergonha".

"O que ele quer, todo mundo já entendeu...Agora, resta saber se ninguém vai dar o que ele está pedindo. Ele estar pedindo socorro, enfia um troço aqui... Ele quer recheio, quer sentir nego pulando dentro, correndo solto o sangue. O pior de tudo são as páginas de fofocas postar isso com a legenda "referência de moda masculina 2023". Referência no olho do seu c#. Que isso, cara! Nem minha usa um vestido assim. Pra dar o rabo não precisa fazer o que ele está fazendo. Ele está exagerando. Isso aqui é ser sem vergonha, querer aparecer. Isso é uma baixaria sem tamanho. Ele está vestido de pomba gira", disse Nego Di;

O ex-BBB ainda fez piada relembrando a polêmica de Vitão com Whindersson Nunes, quando o cantor foi acusado de "talarica" por namorar Luísa Sonza. "Vou querer o contato da mãe de santo do Whindersson Nunes", finalizou.

Alvo de críticas nas redes sociais por conta do visual, Vitão afirma não se importar com comentários negativos a seu respeito. Quando o assunto é sua sexualidade, o cantor de 23 anos diz que não se define nem como heterossexual nem como bissexual nem como gay.

"Não gosto nem de me definir dentro de alguma sigla. Fujo de rótulos. Não me defino como hétero, bi ou gay, eu sou tudo....", disse ele ao colunista Lucas Pasin, do "Splash".

Nas redes sociais, Vitão esbanja atitude ao aparecer usando batom, de unhas pintadas e de roupas consideradas femininas.

"Dão uma importância descabida para a minha sexualidade. Com quem a gente transa ou se sente atraído não deveria ser algo tão importante para os outros. A liberdade ou não das pessoas, os lugares que elas podem ou não frequentar, as amizades, tudo na vida parece ser determinado a partir disso. Isso deveria ter uma importância menor", explica ele.

"Óbvio que muita gente precisa disso para se firmar. Vivemos dentro de uma sociedade extremamente homofóbica. Vivemos em uma sociedade em que eu me sinto bem em incomodar. Gosto de incomodar. É uma sociedade escrota", finaliza.