Ex-chefe de Polícia Civil do RJ é preso sob suspeita de envolvimento com jogo do bicho

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O delegado Allan Turnowski, que chefiou a Polícia Civil do Rio de Janeiro até março, foi preso nesta sexta-feira (9) sob suspeita de colaborar com contraventores do jogo do bicho.

De acordo com investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro, Turnowski é acusado de receber propina da contravenção.

A assessoria do delegado foi procurada, mas não se pronunciou até a publicação desta reportagem.

Turnowski era chefe da Polícia Civil da gestão Cláudio Castro (PL), mas deixou o cargo para se candidatar a deputado federal pelo PL. Uma de suas bandeiras de campanha era a operação feita no Jacarezinho em maio de 2021, em que 27 pessoas foram mortas pela polícia --o número de vítimas da favela integrava o número de urna do delegado.

Também foi alvo de busca e apreensão o delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, ex-chefe do Departamento-Geral de Homicídios. Ele é candidato a deputado estadual pelo Podemos.