Ex-deputado David Miranda completa cinco meses internado e apresenta 'melhoras significativas'

O ex-deputado federal David Miranda (PSOL) completou cinco meses hospitalizado nesta sexta-feira. Em uma publicação nas redes sociais, o seu marido, o jornalista Glenn Greenwald, comentou a data e disse que Miranda "mostrou melhoras muito significativas nas últimas 3 semanas".

Entenda: Os oito recados de Lula na primeira reunião ministerial

Saiba mais: Salário de Bolsonaro pode chegar a R$ 80 mil brutos por mês

Ainda segundo a postagem, médicos afirmaram que o ex-deputado está está em "seu melhor, mais forte e saudável" estado de saúde desde agosto de 2022.Veja a publicação do jornalista abaixo:

"Acreditamos várias vezes nos últimos cinco meses que David parecia finalmente estar se recuperando, apenas para surgir uma nova complicação terrível, muitas vezes rapidamente e sem aviso (...). Portanto, estamos muito conscientes da necessidade de não comemorar prematuramente. Até ele sair da UTI, ele ainda está, por definação, em zona de perigo", escreveu ainda o jornalista.

De acordo com Glenn, o parlamentar apresentou uma infecção grave no sistema gastrointestinal, que passou a comprometer outros órgãos, como pâncreas, fígado e pulmões, e que a estabilidade no quadro é "muito importante" porque o organismo precisa de "tempo para se recuperar".

Em setembro, após seis semanas internado na Clínica São Vincente, na Gávea, Miranda desistiu de disputar à reeleição para a Câmara dos Deputados. Segundo Greenwald, a decisão de desistir do pleito foi tomada em conjunto, entre amigos e parentes do parlamentar.