Ex-ditador Mubarak é solto após determinação da Justiça do Egito

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-ditador do Egito Hosni Mubarak foi solto nesta sexta-feira (24) após determinação da mais alta corte do país.

A Justiça do país já havia absolvido Mubarak no início deste mês pela morte de manifestantes durante os protestos que levaram a sua deposição, em 2011.

Mubarak, seu ministro do Interior e seis auxiliares foram condenados em 2012 à prisão perpétua, mas o veredicto foi anulado dois anos depois por falhas técnicas no julgamento.

O ex-ditador, de 88 anos, estava em um hospital militar no Cairo, onde serviu pena de três anos de prisão.

Centenas de manifestantes foram mortos pelas forças de segurança durante os protestos contra o regime de Mubarak, que fizeram parte do levante popular conhecido como Primavera Árabe.

As manifestações levaram à renúncia do mandatário, pondo fim a um regime de três décadas e abrindo o caminho para eleições livres no país.