Ex-Flamengo, Jorge Jesus diz que fair play não existe no futebol brasileiro

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Miguel Riopa/AFP/18.10.2020
Foto: Miguel Riopa/AFP/18.10.2020

Na segunda-feira passada, dia 2 de novembro, o Benfica perdeu para o Boavista por 3 a 0, pela sexta rodada do Campeonato Português, e viu o Sporting assumir o primeiro lugar: 16 pontos a 15. Ex-técnico do Flamengo e atual comandante dos encarnados, Jorge Jesus reclamou do adversário, que, segundo ele, fez muitas faltas e cera. Com isso, o Mister decretou o fim do fair play no Benfica e fez uma comparação com o Brasil.

- Nos jogos internacionais não acontece tanto o antijogo. Os times jogam mais com os conhecimentos e valor. No Brasil, isso não existe. O atleta está no chão e o jogo segue. Só o árbitro para a partida. Isso acontece em países com futebol pouco evoluído. Nas competições europeias isso não acontece - disse Jorge Jesus, em entrevista na véspera da partida contra o Rangers, pela Liga Europa.

O duelo com a equipe escocesa, nesta quinta-feira, às 14h55 (de Brasília), em Lisboa, é válido pela terceira rodada do Grupo D. Após dois jogos, Benfica e Rangers têm seis pontos e lideram a chave.