Ex-'Fortão' de Xuxa na TV muda totalmente o visual e fala do trabalho como cabeleireiro: 'Viver de luz não dá e de imagem também não'

·2 minuto de leitura

Ele tinha apenas 20 anos quando foi selecionado para ser assistente de palco de Xuxa, no início dos anos 2000. Modelo na época, Renato Vianna aparecia na telinha sem camisa, dançava e auxiliava a rainha no que era necessário durante as gravações do "Planeta Xuxa". O grupo de rapazes, que ainda contava com Theo Becker, era chamado de "Fortões". Atualmente, aos 40 anos, ele trabalha como cabeleireiro no Rio, mudou completamente o visual e lembra com carinho da época em que, semanalmente, aparecia na TV.

"A gente fazia duas gravações (por semana). Ficávamos o dia inteiro. Tinha bastante contato com vários cantores e estava sempre ajudando a organizar os participantes do programa, o público. O contato era bem direto com as pessoas. Ser reconhecido pelo público também foi muito bom. Trabalhava com a Xuxa, a gente tinha um contato bem próximo a ela, e ela gostava de ficar brincando", conta ele, que diz manter contato com pessoas da época, como algumas paquitas, o Biel e o Theo Becker, que também auxiliavam a rainha.

Renato trabalhou no programa por cerca de oito meses. Após esse período, segundo ele, foram feitas algumas mudanças no "Planeta" e a permanência deles na atração acabou não sendo renovada. Nesta época, investiu na carreira de ator e chegou até a fazer participações em novelas.

"Comecei a correr atrás da carreira de ator e continuar os trabalhos como modelo, que já fazia antes, e estudar Artes Cênicas. Fiz faculdade, algumas peças de teatro, com Bruno Gagliasso, Luka Ribeiro... Fiz participações nas novelas 'Paraíso Tropical' e 'Celebridade", acrescenta ele, que chegou a posar nu para uma revista.

Renato conta, porém, que os trabalhos diminuíram quando ele estava com cerca de 30 anos. Foi o momento em que decidiu se reiventar, já que, como o próprio diz "viver de luz não dá e de imagem também não". Abriu uma cafeteria dentro de uma clínica de estética e salão de beleza na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Posteriormente, foi incentivado a se profissionalizar na área. E foi o que fez.

"Me dediquei aos cabelos, fazendo cursos profissionalizantes. Comecei a me destacar na área", afirma ele, que trabalha num salão do Rio, e compartilha os trabalhos dos clientes nas redes sociais.

Ao mudar de área, Renato, que é casado com uma cirurgiã dentista, conta que mudou o visual. Fez tatuagens, o que preferia deixar de lado na carreira de modelo, cultivou madeixas mais longas e, atualmente, ostenta um rosto com barba.

"Comecei a montar meio que um personagem. Porque na área do cabelo a gente tem que se destacar. Nesse meio, a gente precisa ter um estilo, personalidade, uma pegada para as pessoas verem seu estilo de trabalho, de arte. Deixei o cabelo crescer, fiz tatuagem, que nunca pude fazer, e barba, nesse estilo 'old school', que está em alta. Fui fazendo isso e acabou que enquadrou legal no meu perfil", finaliza ele.