Ex-gerente do Facebook lança entidade para combater danos causados por redes sociais

Por Sheila Dang

DALLAS, Estados Unidos (Reuters) - A denunciante do Facebook Frances Haugen disse nesta quinta-feira que está lançando uma organização sem fins lucrativos que buscará soluções para os danos causados pelas mídias sociais.

A ex-gerente de produto do Facebook, agora Meta, ganhou as manchetes em 2021 depois de se revelar como a fonte de milhares de documentos internos vazados, que ela disse detalhar falhas da empresa de mídia social em proteger adolescentes no Instagram e reprimir desinformação sobre vacinas.

O Facebook sempre disse que discorda da denúncia de Haugen.

Sua organização sem fins lucrativos, Beyond the Screen, criará um banco de dados aberto para documentar as maneiras pelas quais as grandes empresas de tecnologia estão falhando em suas "obrigações éticas para com a sociedade" e delinear possíveis soluções, de acordo com um comunicado de imprensa.

Ela fará parceria com o Project Liberty, uma organização que trabalha para construir um novo protocolo operacional para redes sociais, e a Common Sense Media, que defende conteúdo de mídia seguro para crianças.

(Por Sheila Dang)