Ex-jogador do Barcelona é preso após atropelar policial

Hans Krankl jogou no Barcelona na década de 1970 e atualmente é comentarista esportivo. Foto: Matthew Ashton - PA Images via Getty Images
Hans Krankl jogou no Barcelona na década de 1970 e atualmente é comentarista esportivo. Foto: Matthew Ashton - PA Images via Getty Images

Hans Krankl, ex-jogador do Barcelona e lenda do futebol austríaco, foi preso no último domingo (14) pela polícia na cidade de Pasching, na região da Alta Áustria, por supostamente colocar em perigo um policial quando ele estava saindo do estacionamento de um estádio.

Segundo reportagens da televisão pública ORF e do jornal vienense Kronenzeitung, o motivo da prisão foi que Hans Krankl atropelou um policial, algo que ele negou veementemente.

Leia também:

O incidente aconteceu quando o ex-jogador estava deixando o Raiffeisen Arena Pashing depois de comentar uma partida da Bundesliga austríaca entre LASK Linz e Rapid Vienna para a rede Sky Sports.

O ex-técnico da seleção austríaca supostamente dirigiu seu carro contra um policial no estacionamento VIP do estádio LASK e o parou após um leve contato físico entre o policial e o para-choque do veículo. "Ele então rolou o veículo em direção a outros dois policiais e só parou ali após outro contato", explicou o boletim de ocorrência.

A mídia austríaca afirma que há testemunhas oculares que descreveram "cenas incríveis" estrelando o ícone do futebol. "Krankl, presumido inocente, ele foi levado por seis policiais para a sala de operações do estádio e lá foi interrogado", observou o Kronenzeitung, o jornal popular de maior circulação na Áustria.

"Isso não é verdade e eu nego veementemente. Tentei virar à direita no estacionamento e fui parado por um policial que me disse que eu tinha que esperar porque eles pegaram os torcedores do Rapid primeiro de ônibus", explicou Hans Krankl.

Ele acrescentou: "Mas o caminho estava livre e não havia razão para não me deixar passar. O agente então exigiu a documentação do veículo e me disse que estava detido".

"Seis policiais me levaram para um quarto como um criminoso", continuou. A polícia permitiu que ele saísse logo depois, depois de pegar seus dados, embora tenham aberto uma investigação sobre o que aconteceu que ainda está em andamento.

Segundo o jornal, Krankl admitiu estar muito envergonhado: "Sou amigo da polícia, até fiz shows beneficentes para eles e joguei futebol com policiais. Todo mundo que me conhece sabe que eu nunca colocaria um policial em perigo. Esta é uma história estúpida que me faz sentir muito desconfortável", finalizou.

Hans Krankl, foi jogador do Barcelona entre 1978 e 1981 e teve sua melhor temporada em 1978/79 quando foi o maior goleador da liga espanhola e ganhou a chuteira de ouro.