Ex-ministro de Bolsonaro diz que vai voltar ao Brasil e se apresentar à Justiça após ordem de prisão

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ex-ministro da Justiça Anderson Torres, que teve sua prisão ordenada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, afirmou que vai retornar ao Brasil e se apresentar à Justiça.

"Hoje (10/01), recebi notícia de que o ministro Alexandre de Moraes do STF determinou minha prisão e autorizou busca em minha residência. Tomei a decisão de interromper minhas férias e retornar ao Brasil. Irei me apresentar à justiça e cuidar da minha defesa", escreveu Torres nas redes sociais.

"Sempre pautei minhas ações pela ética e pela legalidade. Acredito na Justiça brasileira e na força das instituições. Estou certo de que a verdade prevalecerá".

Torres está nos Estados Unidos.