Ex-ministro Ricardo Salles comentou vídeo fake da guerra na Ucrânia na Jovem Pan

  • Ricardo Salles apareceu na Jovem Pan comentando a invasão russa na Ucrânia

  • Durante a fala, porém, as imagens exibidas eram do jogo de videogame "Arma III"

  • Vídeo foi disseminado como se mostrasse um bombardeio russo no país rival

A disseminação de vídeos falsos sobre a invasão russa na Ucrânia fez com que emissoras de televisão por todo o mundo fossem enganadas e os exibissem ao vivo. No Brasil, foi o caso da TV Jovem Pan.

Durante o Jornal da Manhã na última quinta-feira (24), a emissora repercutia a invasão com supostas imagens do bombardeio de um jato russo em território ucraniano.

O vídeo, porém, era na realidade um clipe do jogo de videogame “Arma III”, amplamente divulgado nas redes sociais com o título: “Ucrânia dispara mísseis para interceptar artilharia aérea da Rússia”.

Nenhum dos jornalistas ou comentaristas da Jovem Pan percebeu o erro. Entre eles, o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que seguiu discursando sobre a guerra.

Ricardo Salles comenta vídeo fake da guerra na Ucrânia - Foto: Reprodução/Jovem Pan
Ricardo Salles comenta vídeo fake da guerra na Ucrânia - Foto: Reprodução/Jovem Pan

“Os Estados Unidos, a administração Biden, parece que insuflam essa divergência com os russos utilizando a Ucrânia como pretexto”, disse, enquanto a TV rodava o vídeo falso.

Vídeos falsos rodaram o mundo

Não foi só a Jovem Pan, porém, que caiu nesse erro. Diversos veículos pelo mundo e usuários das redes sociais acreditaram na “fake news” disseminada pela internet.

Na última quinta-feira (24), os vídeos falsos da invasão russa estavam entre os mais vistos do Facebook por todo o planeta, sendo visualizados por mais de 110 mil pessoas e compartilhados mais de 25 mil vezes. Após a constatação de que eram falsos, acabaram sendo retirados do ar.