Ex-namorado é acusado de matar mulher a facadas em Manaus por não aceitar término do relacionamento

·1 minuto de leitura

MANAUS — Uma mulher de 34 anos morreu na noite desta segunda-feira com mais de dez facadas em sua casa, no bairro Jorge Teixeira, em Manaus, no Amazonas. O principal suspeito seria um ex-namorado que não havia aceitado o término do relacionamento. O homem apontado como responsável pelo crime está foragido.

Segundo o jornal "Em Tempo", a vítima, Liliane Oliveira Monção, foi socorrida por familiares e levada ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas não resistiu aos ferimentos. O ex-namorado da mulher teria invadido a casa de Liliane, onde o crime foi cometido.

— É uma indignação muito grande. Fomos atrás desse homem, tentamos segurar ele até a polícia chegar, mas ele conseguiu fugir. Ele é um ex-namorado dela. Ele era obsessivo e passava dia e noite a perseguindo. Ele vigiava minha tia dia e noite — disse o sobrinho da vítima, Eduardo Monção, ao jornal.

Eduardo contou que o relacionamento durou cerca de seis meses, e o homem já tinha arrombado a casa da vítima uma outra vez. Ao jornal "Diário do Amazonas", ele disse ainda que o ex-namorado já apresentava um comportamento obsessivo.

— Ela ia à casa dele e eles namoravam e ficavam juntos normalmente como um casal. Assim que ela saía ele a seguia e ficava vigiando ela dia e noite.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos