Ex-petista, Marília Arraes deve calibrar ataques ao PSB em PE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (Solidariedade) terá como preocupação calibrar os ataques ao PSB, que controla politicamente o estado, sem provocar um rompimento total das relações. Sua campanha avalia que é provável que as duas forças políticas estejam juntas no segundo turno.

"Nossa maior preocupação aqui é enfrentar o fascismo, representado pelos candidatos apoiados pelo bolsonarismo", diz o publicitário da campanha, Edson Barbosa. O nome mais forte da direita até o momento é Anderson Ferreira (PL).

Ex-petista, Marília tem irritado seu antigo partido, que apoia Danilo Cabral (PSB), por buscar se associar à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva. O nome dela foi gritado por apoiadores na recente visita do ex-presidente ao estado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos