Ex-PM tenta defender mulher de agressões do ex e tem mão decepada por facão

Ex-PM teve a mão decepada no último sábado (2), no Distrito Federal. (Foto: GettyImages)
Ex-PM teve a mão decepada no último sábado (2), no Distrito Federal. (Foto: GettyImages)
  • Ex-PM conta que acordou com os gritos de uma mulher

  • Suspeito fugiu de carro após o ataque, mas antes tentou atropelar a vítima

  • Autor do crime ainda não foi localizado

Um policial militar reformado teve a mão decepada por um facão ao tentar proteger uma mulher. O caso aconteceu no sábado (2), na Asa Norte do Distrito Federal.

Segundo o policial reformado pelo estado de São Paulo Leandro Percivalli Nascimento, ele estava em casa, com sua namorada, quando acordou com os gritos de uma mulher.

"Eu acordei com os gritos da mulher. O homem dizia que estava armado. Saí de casa para neutralizar o agressor, mas não vi que ele estava com um facão. Ele me deu apenas uma facada, e foi o suficiente para decepar minha mão", relatou ao portal G1.

O momento foi gravado por câmeras de segurança. Depois de atacar Leandro, o suspeito fugiu em um carro, mas antes tentou atropelar o policial reformado.

"O facão estava muito afiado, porque foi apenas um golpe. Uma pessoa que mantém uma faca amolada desse jeito, um objetivo ela tem", declarou Leandro.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para prestar os primeiros socorros. O PM foi encaminhado para o Hospital Base de Brasília, de onde recebeu alta neste domingo (3).

O caso agora é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia, da Asa Norte, mas o suspeito ainda não foi localizado.

"Graças a Deus eu estou bem. Amanhã devemos registrar o caso na delegacia, e espero que este homem seja encontrado e pague pelo que fez. Infelizmente minha mão não vai voltar, mas eu fiz o que achei que deveria fazer naquela hora", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos