Ex-presidente Bush volta a ser internado com leve pneumonia

Austin (EUA), 18 abr (EFE).- O ex-presidente dos Estados Unidos, George Bush pai (1989-1993), voltou a ser internado em um centro médico de Houston (Texas) na sexta-feira passada por uma leve pneumonia derivada de um quadro de tosse "persistente", segundo informou nesta terça-feira seu porta-voz.

Em comunicado, o porta-voz da família, Jim McGrath, explicou que o ex-governante, de 92 anos, ingressou no Hospital Metodista de Houston por conta de um caso "leve" de pneumonia resultante de uma tosse "persistente" que não lhe permitia descansar de maneira adequada.

McGrath destacou que o caso foi tratado imediatamente e já está resolvido, mas ressaltou que Bush pai deve ficar em observação enquanto recupera a força.

O 41º presidente dos Estados Unidos foi internado no último dia 14 de janeiro no centro hospitalar devido a problemas respiratórios, mas sua situação piorou até o ponto de precisar ser sedado para passar por um procedimento na semana seguinte para "proteger e limpar suas vias respiratórias".

Nessa ocasião, Bush pai recebeu alta em 30 de janeiro após passar 16 dias no mesmo Hospital Metodista de Houston.

Embora em seu 90º aniversário George H. W. Bush tenha saltado de paraquedas para demonstrar sua vitalidade, o ex-presidente foi hospitalizado em diversas ocasiões durante os últimos anos por diferentes motivos.

Em julho de 2015, por exemplo, rompeu uma vértebra do pescoço em uma queda e em 2012 passou as férias natalinas no mesmo centro hospitalar, afetado por uma bronquite e uma infeção virótica que o mantiveram internado um mês e meio. EFE