Ex-presidente da CBDA, Coaracy Nunes morre aos 82 anos

Ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes faleceu na noite desta quinta-feira, aos 82 anos. Ele estava internado há um mês em um hospital do Rio com problemas de saúde, mas não resistiu a complicações devido ao mal de Alzheimer com o qual lutava. Ele também teve Covid-19, mas venceu a doença.

Coaracy Nunes Filho presidiu a CBDA por quase 30 anos, entre 1988 e 2017. Durante a passagem, as modalidades aquáticas brasileiras conquistaram dez medalhas olímpicas, tendo atletas destaques como Gustavo Borges, Fernando Scherer, Carlos Jayme, Edvaldo Valério, Cesar Cielo, Thiago Pereira e Poliana Okimoto.

O ex-presidente sofria de problemas de saúde há quatro anos, ainda como presidente da CBDA, tanto que precisou usar cadeira de rodas durante os Jogos Olímpicos do Rio. Antes da internação, ele chegou a testar negativo para a Covid-19.

Ele deixa a mulher, Maria da Glória Nunes, e duas filhas. A CBDA publicou em seu site oficial uma nota de pesar:

- A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos informa, com pesar, o falecimento de Coaracy Nunes Filho. Ex-presidente da CBDA, ele faleceu na manhã desta quinta-feira em um hospital do Rio de Janeiro, de causas ainda não divulgadas. Coaracy Nunes Filho foi eleito presidente da CBDA em 1988 e reeleito sucessivamente até 2013. Além de mandatário na Confederação, Coaracy foi presidente da CONSANAT e da UANA. Ele também fez parte do Bureau da Federação Internacional de Natação (FINA). A CBDA lamenta o falecimento de Coaracy Nunes Filho e se solidariza aos familiares e amigos do ex-presidente.