Ex-presidente francês pedia para políticos elogiarem seios de sua mulher

Relações de políticos são sempre pratos cheios para discussões recheadas de disse-me-disse. E o ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, era desses que estava sempre envolvido em algum tipo de suposição.

A maioria das histórias envolvendo o ex-presidente francês são com Carla Bruni, sua mulher desde 2008. A mais nova delas é contada por Patrick Bisson, ex-assessor de Sarkozy e atualmente responsável por escrever biografias.

Patrick afirma que o ex-presidente da França era completamente obcecado pelos atributos físicos de sua mulher. Principalmente seus seios e, por conta disso, incentivava que outros políticos falassem bem deles. Isso mesmo!

De acordo com o ex-assessor, Sarkozy frequentemente incentivava políticos ligados ao seu governo a falar bem dos peitos de Carla. Segundo ele, a história se repetiu algumas vezes, sendo uma delas durante reunião ministerial.

Em seu livro, chamado A Causa do Povo, em tradução literal, Bisson descreve Sarkozy como alguém “vaidoso, sem vontade própria e infantil”. O ex-presidente atualmente trabalha em sua possível candidatura à presidência da França no ano que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos