Ex-presidente paraguaio Fernando Lugo é hospitalizado após sofrer AVC

Ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo, em Assunção

ASSUNÇÃO (Reuters) - O ex-presidente paraguaio Fernando Lugo foi hospitalizado de emergência em Assunção após sofrer um acidente vascular cerebral e está em coma induzido, informou um senador de seu partido nesta quarta-feira.

O médico e parlamentar Jorge Querey disse que Lugo, que também é senador e ocupou a Presidência do país entre 2008 e 2012, entrou no centro de atendimento com diagnóstico de "acidente vascular cerebral isquêmico", e exames apontaram uma lesão "relativamente pequena".

"É um fenômeno (a lesão) que pode ser ampliado ou reduzido, não sabemos como se comportará no futuro", acrescentou Querey a jornalistas do lado de fora do hospital.

Lugo, de 71 anos, um ex-bispo que renunciou ao sacerdócio para se dedicar à política, é um dos líderes da coalizão de esquerda Frente Guasu.

Durante seu período do governo, ele foi diagnosticado com linfoma de Hodgkin, do qual se recuperou após tratamento no Brasil.

Querey disse que o ex-presidente passará por uma ressonância magnética para completar o diagnóstico.

Um porta-voz do partido de Lugo disse que o derrame ocorreu "devido a um pequeno coágulo em uma artéria cerebral", e que o ex-presidente "está em condição estável".

(Reportagem de Daniela Desantis)