Sobe para 3 número de mortos em atentado em Bogotá

Bogotá, 17 jun (EFE).- Pelo menos três mulheres, uma delas uma cidadã francesa de 23 anos, morreram após ficarem gravemente feridas em um ataque com um artefato explosivo ocorrido em um shopping no norte de Bogotá, informaram neste sábado fontes de emergência da capital da Colômbia.

A Clínica del Country informou em comunicado que Ana María Gutiérrez, de 27 anos, e Lady Paola Jaimes, de 31, "morreram em consequência das lesões sofridas".

Antes, o prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa, tinha informado que uma estrangeira também tinha morrido em consequência do ataque, cuja autoria ainda não foi determinada.

"A jovem (morta) é uma jovem francesa de 23 anos", disse Peñalosa, completando que ela prestava um serviço social em um colégio de Bogotá.

O prefeito acrescentou que dos 11 feridos três estão em estado grave.

O atentado aconteceu por volta das 17h (horário local, 19h em Brasília) nos banheiros do segundo andar do Shopping Andino, no norte de Bogotá.

Neste sábado, véspera da comemoração do Dia dos Pais no país, as lojas anunciaram o "Bogotá Desperta", pelo qual estendeu até meia-noite o horário de atendimento nos shoppings da capital.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, escreveu no Twitter que ordenou ao diretor da Polícia, general Jorge Hernando Nieto, "comandar a investigação" e mantê-lo informado.

Santos também expressou sua "solidariedade com as vítimas".

Após a explosão, as autoridades ordenaram a evacuação do shopping e foram fechadas várias ruas próximas.

Técnicos em explosivos chegaram a inspecionar o local para determinar que tipo de material foi utilizado no atentado. EFE