Ex relata agressão sofrida por namorado da mãe de Neymar: 'Fez um buraco na minha cabeça'

1 / 7

WhatsApp Image 2020-05-18 at 21.54.26.jpeg

Tiago Ramos, de 23 anos, namorou Rita, de 44, por oito meses

A balconista espanhola Rita Cumplido, de 44 anos, deu mais detalhes da agressão física que sofreu de Tiago Ramos, de 23 anos e atual namorado de Nadine Gonçalves, a mãe de Neymar. Em entrevista ao programa "A tarde é sua" nesta quarta-feira, ela voltou a falar do caso, divulgada em primeira mão aqui pelo EXTRA, e relatou que o modelo batia nela por ciúmes e se transformava quando bebia.

"Quase sempre era pelo mesmo motivo. Ele bebia muito, se alterava e ficava muito ciumento. Ele sempre pensava que eu estava com outros homens e que eu estava enganando ele. Ele colocava câmeras para me vigiar e ficava sempre atento às minhas ligações conversas do meu celular. Em uma dessas situações, ele ficou muito bravo, me pegou com muita força pelo braço e me deixou com o olho roxo",  contou. "Ele era muitíssimo ciumento, mas ciumento no ponto de doente mental. Ele imaginava coisas que as pessoas normais não imaginavam".

Ela também falou do dia em que procurei a polícia para prestar queixa de agressão contra Tiago, na madrugada do dia 27 de outubro do ano passado.

Nesse dia, fui agredida mais violentamente e fui à delegacia. Ele fez um buraco enorme na minha cabeça, me jogou no chão e me deu um golpe muito forte. Eu tinha que denunciar, porque ele me bateu em frente à delegacia, na frente do policial.

Rita contou que foi procurada pela família de Tiago após revelar as agressões à imprensa, e que a mãe do modelo teria dito que ela ia acabar com a vida dele. A espanhola também explicou o motivo de ter tornado o caso público.

"Eu estava motivada a contar a minha verdade, não por ninguém. Fiz isso pela minha dignidade e justiça. Ele me maltratou e deve pagar por isso. Quero a minha justiça. Meus filhos sofreram muito com isso, e eu quero mostrar para eles que eu sou forte, não sou covarde.

 

Rita Cumplido namorou o modelo por oito meses, na época em que ele foi morar no país para tentar a vida como jogador de futebol. Segundo Rita, eles brigavam muito e numa dessas discussões, ela recorreu à polícia e fez um boletim de ocorrência (veja abaixo) acusando Tiago, de 23, de tê-la agredida fisicamente na madrugada do dia 27 de outubro de 2019.

“Ele sempre me maltratava, mas eu o amava demais. Um dia saímos e ele ficou com raiva porque eu dei minha bolsa para um amigo mais velho e casado guardar. Tiago ficou furioso e começou a me agredir fisicamente, ele me bateu e me puxou pelos cabelos, rasgou o meu vestido. Fui à polícia e ele me bateu na frente da porta da delegacia, me jogou no chão e chutou minha cabeça e pernas” , contou ela ao EXTRA.

Ela registrou uma queixa de agressão na delegacia e conseguiu uma medida protetiva contra o jogador. A espanhola ainda guarda as fotos que tirou na ocasião dos hematomas nas pernas, mãos e braços, bem como vários registros deles juntos.

Sustento

Rita é mãe de um casal de gêmeos, de 16 anos, e conheceu Tiago através de um dos filhos dela, que jogava bola com o modelo. “Seis meninos brasileiros vieram para jogar futebol, e o conheci na loja em que eu trabalho. Ele pediu meu telefone para um amigo do meu filho. Eu estava divorciada na época”, recorda. A balconista afirma que ajudou o modelo a permanecer na Espanha, levando Tiago para morar na casa dela e passou a sustentá-lo com comida, roupas, chuteiras e outros gastos. Ela também diz que ajudou Tiago a conseguir testes em time de futebol (ele não chegou a ser aprovado em nenhum) e ter o visto para os EUA.

Gravidez

Rita relata que chegou a ficar grávida de Tiago por duas vezes, mas perdeu os bebês. Ela afirma que estaria agora no sexto mês de gestação senão tivesse sofrido o segundo aborto. De acordo com a espanhola, Tiago não queria filho, mas a família dele, que soube da gravidez, propôs criar o bebê na Paraíba. Ela conta que chegou a romper com o modelo quando perdeu o primeiro bebê que esperava dele, e que namorado de Nadine não chegou a saber da segunda gravidez que ela teve.

Ainda de acordo com Rita, a família dela não aceitava o relacionamento por saber que Tiago a maltratava. Ela relata que o modelo tinha problemas com festas e álcool. Rita explica que não trouxe o caso a público antes para preservar os filhos. Ela também diz que teme que Tiago faça com Nadine o mesmo que fez com ela: "Juro que não tenho ódio ou rancor, mas ele me fez sofrer muito".