Ex-secretário de Cabral vai ocupar pasta de Esportes do governo de Cláudio Castro

·2 minuto de leitura

Desalojado da Secretaria de Governo desde a última sexta-feira (28), quando Rodrigo Bacellar (Solidariedade) foi nomeado para fazer a interlocução entre deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e o Palácio Guanabara, André Lazaroni (Solidariedade) ficou poucos dias à deriva. O nome dele é dado como certo para ser o novo comandante da Secretaria de Esportes e deve ser oficializado nos próximos dias. Dessa forma, Castro evitou qualquer rusga com membros do Solidariedade — um dos 14 partidos com os quais ele pretende contar com apoio nas eleições do ano que vem.

Lazaroni foi secretário dos governos de Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão (ambos do MDB), e ficou conhecido ao confundir o dramaturgo alemão Bertold Brecht com o personagem Bertoldo Brecha, da "Escolinha do Professor Raimundo", quando defendia na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) a soltura dos ex-deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, em novembro de 2017.

No cenário imaginado por Castro, Lazaroni assumiria a secretaria no lugar de Leandro Alves, que seria nomeado na Suderj. Pessoas próximas a Alves, No entanto, garantem que ele não deve aceitar o cargo considerado "inferior" ao que ocupava.

Indicado à Secretaria de Governo, em 2020, pelo presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), Lazaroni era visto como um nome que não contava com a confiança do governador e a sua saída da base chegou a ser dada como certa. Mas ele ganhou sobrevida no Palácio Guanabara por aquilo que Castro entendeu como uma "prova de lealdade".

Em meio ao embate entre o governador e Ceciliano pela concessão da Cedae, em abril, Lazaroni ligou para parlamentares e tentou persuadi-los a votar conforme os interesses governistas — contrariando o seu padrinho político, Ceciliano.

No momento, a coligação em torno de Castro, visando as eleições do ano que vem, congrega 14 partidos. Constituem a aliança os seguintes partidos: Republicanos, PL, PP, Solidariedade, DEM, MDB, PSL, PTB, DEM, Podemos, PSC, PROS, Avante e PMN.

Até agora, Castro fez cinco nomeações

Até o momento, Castro oficializou novos nomes em cinco secretarias. O empresário e ex-deputado estadual Antônio Pedregal Filho será o titular da nova Secretaria de de Envelhecimento Saudável. Para abrigar aliados, o governador também retomou a Secretaria dos Vitimados e, para o comando da pasta, indicou a tenente-coronel Priscila Azevedo. A nomeação teria agradado ao deputado Alexandre Knoploch.

Na última vez em que tentou se eleger a deputado federal pelo Avante, em 2018, Pedregal teve apenas 3.626 votos. Como parlamentar, em 2007, ele concedeu a maior honraria da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), a Medalha Tiradentes, ao vereador Dr. Jairinho — preso acusado por homicídio qualificado e tortura do menino Henry Borel, de 4 anos.

Pedregal e a tenente-coronel Priscila Azevedo se juntarão a Bacellar, na Secretaria de Governo, a Nelson Rocha, que comanda a Secretaria de Fazenda, e Alexandre Chieppe, que ocupa a pasta da Saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos