Ex-secretária de Haddad é a preferida para ser vice na chapa para o governo de SP

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Candidatura de Fernando Haddad foi oficializada no último sábado, mas ainda sem um nome para vice (Foto: AP Photo/Andre Penner)
Candidatura de Fernando Haddad foi oficializada no último sábado, mas ainda sem um nome para vice (Foto: AP Photo/Andre Penner)

Candidato ao governo do estado de São Paulo, Fernando Haddad ainda não tem um nome definido para ocupar a vice na chapa, mas tem uma nova favorita: Marianne Pinotti (PSB). A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Marianne foi secretária da Pessoa com Deficiência durante a gestão de Haddad na prefeitura de São Paulo. Nos últimos dias, o nome dela ganhou força para ocupar o posto na chapa do petista.

A campanha do PT acredita que a vice deve ser uma mulher. Marina Silva (Rede) também foi cotada, mas a ex-ministra anunciou que concorrerá a uma vaga na Câmara dos Deputados.

Outro nome cotado para o posto foi o do ex-prefeito de Campinas, Jonas Donizete, também do PSB. No entanto, a sugestão não agrada a outro integrante da chapa, Márcio França (PSB), que concorrerá ao Senado.

Oficialização da candidatura

O Partido dos Trabalhadores (PT) oficializou neste sábado (23) a candidatura de Fernando Haddad ao governo de São Paulo.

O nome de Haddad foi aprovado em uma votação da executiva estadual do partido. Houve apenas duas abstenções. A escolha do vice que vai compor a chapa com o ex-prefeito de São Paulo ainda não foi definida.

Na reunião dos correligionários houve também a aprovação da coligação do PT com o PSB. O então pré-candidato do partido ao governo de SP, Márcio França, vai disputar uma vaga no Senado.

O partido aprovou, ainda, todas as candidaturas a deputado federal e estadual.

O evento contou com a presença de Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice-presidente na chapa com Lula, e sua esposa Maria Lúcia Alckmin. Na última pesquisa Datafolha, de 30 de junho, Haddad liderava com 34%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos