Ex-senador suspeito de envolvimento no assassinato de presidente do Haiti é detido na Jamaica

·2 min de leitura

O ex-senador haitiano John Joel Joseph, procurado pelas autoridades do Haiti na investigação do assassinato do presidente Jovenel Moise em julho do ano passado, foi preso na Jamaica, informou neste sábado (15) uma fonte da polícia local. Sem revelar detalhes da operação, a mesma fonte afirmou que as forças de segurança jamaicanas estavam atuando em coordenação com seus "parceiros internacionais" e que havia "investigações conjuntas".

O presidente haitiano Jovenel Moise foi assassinado em julho passado, mas, apesar da prisão de vários suspeitos, ainda há muitas incertezas em torno de sua morte. Cerca de 20 homens armados invadiram a residência presidencial em Porto Príncipe, em 7 de julho de 2021. Moise foi morto com vários tiros e sua esposa ficou gravemente ferida. Poucos dias depois do assassinato, foi divulgado um cartaz de busca pelo senador John Joel Joseph, descrito como um indivíduo "perigoso e armado".

No início deste mês, o ex-soldado colombiano Mario Palacios foi acusado nos Estados Unidos de fazer parte do grupo de 20 homens que invadiu a residência oficial. Mais de 40 pessoas, entre elas 15 colombianos e americanos de origem haitiana, já foram detidas em conexão com a investigação.

Na última quinta-feira (13), o Congresso dos Estados Unidos ordenou uma investigação do Departamento de Estado sobre o assassinato do ex-presidente. O Senado aprovou por unanimidade a elaboração de um relatório com uma "descrição detalhada" das circunstâncias em torno do assassinato de Moise e deu prazo de 180 dias para a apresentação do documento.

Com informações da AFP


Leia mais

Leia também:
Pacientes morrem por falta de luz em hospitais do Haiti, à mercê de ladrões de combustível
Presidente do Haiti Jovenel Moise é assassinado a tiros em sua casa
Jornalistas são assassinados por gangue quando faziam reportagem sobre violência no Haiti

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos