Ex-Spice Girls, Mel C revela abuso sexual antes do 1º show da banda

Melanie C
Mel C disse que o incidente ocorreu em um quarto de hotel na Turquia

A cantora Mel C revelou que foi abusada sexualmente na noite anterior ao primeiro show das Spice Girls, em 1997.

Falando ao podcast da romancista Elizabeth Day, a estrela pop revelou que o ataque ocorreu durante uma massagem em um hotel na Turquia.

"Eu me senti violada. Me senti muito vulnerável. Me senti envergonhada", disse ela.

"E então eu me senti insegura - será que eu entendi direito? Eu estava em um ambiente onde você tira a roupa na presença desse profissional."

A cantora, cujo nome completo é Melanie Chisholm, disse que "enterrou" o incidente "imediatamente" porque teve que se concentrar na estreia do show das Spice Girls.

"Eu não queria fazer alarde, mas também não tinha tempo para lidar com aquilo."

Ela acrescentou que não processar o ataque na época permitiu que ele ficasse "enterrado por anos e anos e anos".

Foi só quando ela começou a escrever o livro dela de memórias, Who I Am (Quem eu sou, em tradução livre), que as lembranças começaram a ressurgir.

"Aquilo voltou para mim em um sonho. Eu meio que acordei e estava na minha mente. E eu fiquei tipo, 'Oh, meu Deus, eu nem pensei em colocar isso no livro'."

"Então, é claro, eu tive que pensar, 'Bem, eu quero revelar isso?' E pensei que, na verdade, acho que é muito importante para mim dizer isso, e finalmente lidar e processar."

Mel C (à esquerda) se apresentando com as Spice Girls no Brit Awards de 1997
Mel C (à esquerda) se apresentando com as Spice Girls no Brit Awards de 1997

A estrela descreveu o incidente como uma "versão leve" de uma agressão sexual e disse que queria compartilhar os detalhes por causa do impacto que teve sobre ela.

"Isso me afetou. Mas eu 'enterrei', e tenho certeza... muitas pessoas fazem o mesmo."

Na entrevista ao podcast How To Fail (Como falhar, em tradução livre), a cantora também falou sobre o impacto do divórcio dos pais dela e o transtorno alimentar que desenvolveu durante o período das Spice Girls.

"Eu tinha essa ideia de que eu tinha que ser uma estrela pop", disse ela. "Comecei a eliminar grupos de alimentos (e) ser muito restritiva com minha alimentação, além de fazer mais e mais exercícios - a ponto de me tornar extremamente obsessiva."

"Isso durou anos. Perdi tanto peso que fiquei anoréxica e minha menstruação parou. Sempre quis ser mãe e não consegui controlar essa situação que prejudicou minha fertilidade."

"Era uma compulsão tão grande que eu não conseguia reverter."

No entanto, ela disse que se sentiu "muito orgulhosa" por ter superado essas situações e dar à luz à filha Scarlett, em 2009.

Chisholm publicará Who I Am, que tem o mesmo título do single que lançou em 2020, na sexta-feira, dia 16 de setembro.

- Este texto foi publicado em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62922042

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!