Ex-Vasco, Maxi López adquire clube da segunda divisão da Inglaterra

O agora ex-jogador Maxi Lopez, com passagens por Vasco e Grêmio, no Brasil, além de outros grandes clubes como Barcelona, River Plate e Milan, entrou de vez para o ramo dos negócios. Apenas um ano após anunciar a aposentadoria dos gramados, o argentino conclui o processo de compra do Birmingham, tradicional clube do futebol inglês. Em vídeo publicado em suas redes sociais, o argentino aparece visitando o St Andrew's Stadium, casa do Birmingham.

Veja lista: pesquisa inédita O GLOBO/Ipec aponta as 26 maiores torcidas do Brasil

Palco da final da Copa do Catar: estádio de Lusail receberá primeiro jogo em agosto

Duas vezes campeão da Copa da Liga Inglesa, em 1963 e 2011, o time disputará a segunda divisão do país neste ano, e não vive bom momento. O Birmingham, terminou a última edição da Championship apenas na 20ª colocação, entre 24 equipes, com 47 pontos em 46 jogos, indo disputar pela 12ª vez consecutiva a competição, desde que foi rebaixada, em 2011.

Com a aquisição, Maxi López se tornou o primeiro argentino a adquirir um clube na Inglaterra. Em entrevista após deixar o s, o ex-jogador afirmou estar feliz com a aquisição do clube e disse que espera por “bons dias” para os torcedores “azuis”, cores do clube.

Com a aquisição, Maxi López se tornou o primeiro argentino a adquirir um clube na Inglaterra. Em entrevista após deixar o estádio do time, o ex-jogador afirmou estar feliz com a aquisição do clube e disse que espera por “bons dias” para os torcedores “azuis”, cores do clube.

Flamengo: time atende solicitação do Estado e aluga Maracanãzinho para convenção de Bolsonaro

Segundo o jornal La Nación, os outros dois investidores fazem parte da proposta: o empresário argentino Christian Codoma (sócio de Maxi López e proprietário da Maxco Capital em Londres e diretor da Global Stars Management em Hong Kong) e Paul Richardson (torcedor do Birmingham, ex-diretor da Gymshark e proprietária da marca de moda Hera London).

De acordo com o jornal local Birmingham Mail, o investimento total para a compra do clube será de 50 milhões de euros (cerca de R$ 277 milhões).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos